quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Artista do dia: Lasar Segall (1891-1957)
Cavalos - óleo sobre tela assinado inferior esquerdo e no verso
33 x 41 cm - Último lance: 181.000,00 - U$ 101,685.00
Leilão de julho de 2010


Fontes: Wikipedia, Google Imagens, Youtube e outras.

Eventos históricos

  70 - Destruição de Jerusalém pelo Imperador Romano, Tito. Com a derrota da Grande Revolta Judaica contra o domínio romano , em 70, Jerusalém foi tomada pelas forças do comandante romano, Tito. Outra vez, as muralhas e o templo de Jeová (que o rei Herodes, o Grande, ampliara e embelezara, tornando-o portentoso) foram destruídos, e o resto da cidade voltou a ficar em ruínas. (Clique na imagem para ampliar).

1422 - Henrique VI é declarado Rei da Inglaterra, com menos de 9 meses de idade, porém a sua coroação só ocorreria em 6 de novembro de 1429. Henrique era filho do rei Henrique V de Inglaterra e da sua rainha consorte Catarina de Valois, princesa de França. Devido à morte prematura do seu pai, foi filho único e subiu ao trono com poucos meses. A regência foi assumida pelos tios João, Duque de Bedford e Humphrey, Duque de Gloucester e a sua mãe foi afastada da corte e da sua educação. Henrique foi coroado rei de Inglaterra aos oito anos de idade, na Abadia de Westminster a 6 de Novembro. De acordo com o tratado de Troyes, foi também rei de França, sendo coroado na Catedral de Notre-Dame de Paris a 16 de Dezembro de 1431. No entanto, Henrique não foi aceito pela maioria dos franceses, que reconheciam ao invés Carlos VII de França como seu monarca, e não é contabilizado como rei deste país.

1939 - A Alemanha invade a Polónia, dando início à Segunda Guerra Mundial. Pelo Tratado de Versalhes, após a Primeira Guerra Mundial, a Polônia ganhou o direito de manter um corredor que lhe dava acesso ao mar. Porém, em março de 1939 a Alemanha Nazi pediu a devolução de parte desse território, e diante da recusa polonesa, criou-se uma divergência que contribuiu de forma decisiva para a eclosão da Segunda Guerra Mundial. Invadida e ocupada pelos alemães em 1 de setembro de 1939, a região foi devolvida à Polônia em 1945, ao final do conflito armado. O corredor em si não foi a causa do grande conflito, mas apenas o estopim que fez explodirem as tensões existentes entre os dois blocos armados, de um lado a Tríplice Entente e, de outro, a Tríplice Aliança.

1985 - São encontrados, pela primeira vez, restos do Titanic, por uma expedição americana e francesa. O RMS Titanic foi um navio transatlântico da Classe Olympic operado pela White Star Line e construído nos estaleiros da Harland and Wolff em Belfast, na Irlanda do Norte. Na noite de 15 de abril de 1912, durante sua viagem inaugural em Southampton, na Inglaterra, com destino a Nova York, nos Estados Unidos, chocou-se com um iceberg no Oceano Atlântico e afundou duas horas e quarenta minutos depois, na madrugada do dia 15 de abril de 1912. Até o seu lançamento em 1912, ele foi o maior navio de passageiros do mundo. Com 3.547 pessoas a bordo, o naufrágio resultou na morte de 1.523 pessoas, hierarquizando-a como uma das piores catástrofes marítimas de todos os tempos. O Titanic provinha de algumas das mais avançadas tecnologias disponíveis da época e foi popularmente referenciado como "inafundável" - na verdade, um folheto publicitário de 1910, da White Star Line, sobre o Titanic, alegava que ele fora "concebido para ser inafundável". > Clique na imagem para ampliar.

Nascimentos

1529 - Taddeo Zuccari, pintor italiano (m. 1566). Zuccari mudou-se para Roma, aos 14 anos. Aos 17 anos, um aluno de Correggio, chamado Daniele da Parma, o empregou na pintura de uma série de afrescos em uma capela perto de Sora. Voltou para Roma, em 1548, e começou sua carreira como pintor de afrescos. Trabalhou para o Papa Júlio III e para o Papa Paulo IV e famílias de nobres. Trabalhou com Prospero Fontana na decoração da Villa Giulia.

1692 - Egid Quirin Asam, arquiteto e escultor alemão, estilo rococó  (m. 1750). Egid Asam trabalhou principalmente com o seu irmão, o arquitecto e pintor Cosmas Damian Asam. Normalmente o trabalho feito em comum é atribuído aos Irmãos Asam. Entre os seus trabalhos estão a Igreja Asam (Asamkirche) em Munique e a Catedral de São Jacob em Innsbruck.Os irmãos Asam trabalharam na Baviera, Baden-Würrtemberg e Áustria. O asteróide 43751 Asam, recebeu a sua denominação em homenagem ao irmãos Asam.


1734 - Joseph Wright of Derby, pintor de paisagens inglês (m. 1797). Wright é conhecidol por seu uso do efeito Chiaroscuro, que enfatiza o contraste de luz e escuridão, e por suas pinturas de temas à luz de velas. Suas pinturas narram o nascimento da ciência fora da alquimia, muitas vezes baseadas em reuniões da Sociedade Lunar, um grupo de cientistas muito influente junto industriais que viviam no Midlands Inglês. No conjunto, sua obra é um registro importante da luta da ciência contra os valores religiosos no período conhecido como o Age of Enlightenment (Iluminismo).

1886 - Tarsila do Amaral, pintora brasileira (m.1973). Casou-se com Oswald de Andrade em 1926 e, no mesmo ano, realizou sua primeira exposição individual, na Galeria Percier, em Paris. Em 1928, Tarsila pinta o Abaporu, cujo nome de origem indígena significa "homem que come carne humana", obra que originou o Movimento Antropofágico, idealizado pelo seu marido. A Antropofagia propunha a digestão de influências estrangeiras, como no ritual canibal (em que se devora o inimigo com a crença de poder-se absorver suas qualidades), para que a arte nacional ganhasse uma feição mais brasileira. > Veja também algumas releituras do Abapuru, inclusive a minha.

Yvonne De Carlo, atriz canadense (m. 2007) Foi muito popular na década de 1950, graças a westerns, filmes de ação e fantasias orientais, como The Desert Hawk (1950), Silver City (1951), Hurricane Smith (1952) e Shotgun (1955). Típica "atriz de filmes de aventura, em que o talento interpretativo não era obviamente um fator indispensável", Yvonne, entretanto, teve seu grande momento na superprodução The Ten Commandments (Os Dez Mandamentos), 1956, de Cecil B. DeMille, no papel de Sephora (Séfora, no Brasil), a esposa de Moisés, interpretado por Charlton Heston.

1937 - Allen Jones, pintor e escultor britânico, relacionado com a Pop Art.

1957 - Gloria Estefan, cantora cubana.

1970 - Padma Lakshmi, atriz indiana. A imagem abaixo é um clássico nu fotográfico, que serviu de tema para capa de revista, quebrando o conservadorismo da Boolywood.

Falecimentos

1666 - Frans Hals, pintor naturalista holandês. (n. 1580). Ficou famoso por retratar a sociedade burguesa dos Países Baixos segundo uma estética naturalista.
Abaixo, "A cigana".
1981 - Albert Speer, arquiteto e escritor alemão (n. 1905).

Feriados e eventos cíclicos



Notícias e Informações > 31 de agosto de 2011 > 4@ feira


PAULO VICTORINO

PAULO VICTORINO

PAULO VICTORINO

PAULO VICTORINO

PAULO VICTORINO

PAULO VICTORINO

PAULO VICTORINO

PAULO VICTORINO

PAULO VICTORINO

PAULO VICTORINO

PAULO VICTORINO



Mídia > Quando o público começa a pensar de cabeça própria, as coisas começam a mudar

*   *   *

São Paulo, quarta-feira, 31 de agosto de 2011
  
ANÁLISE

É cedo para saber se Princípios Editorias da Globo são para valer

NELSON DE SÁ
ARTICULISTA DA FOLHA

O primeiro sinal de que eram para valer os Princípios Editoriais das Organizações Globo, divulgados há três semanas por Fátima Bernardes e William Bonner no "Jornal Nacional", foi dado pelos mesmos, três dias depois.

Em chamada do "JN", à tarde, ela anunciou, entre os atingidos por uma operação da Polícia Federal, alguém que não havia sido preso, na verdade. No telejornal, depois, ele abriu a reportagem se desculpando com a vítima. Dos Princípios Editoriais: "Os erros devem ser corrigidos, sem subterfúgios e com destaque".

Um segundo sinal foi dado no "Fantástico", no último domingo, em reportagem sobre a "indústria de trabalhos escolares". Um dos envolvidos deu entrevista e depois voltou atrás. "Mas o 'Fantástico' decidiu que a conversa deveria ser mostrada", anunciou o programa, "de acordo com os Princípios Editoriais das Organizações Globo".

Dos Princípios Editoriais: "Concedida uma entrevista exclusiva, uma fonte pode pedir alterações, acréscimos ou supressões, mas o jornalista julgará se o pedido se justifica. Haverá vezes em que o jornalista não concordará com a mudança, sendo, nestes casos, necessário registrar que a mudança foi solicitada, mas não aceita".

Ainda é cedo para saber se o longo documento, quase um manual, abre uma nova fase do jornalismo global. Mas já parece estender sua influência sobre uma área marcada por interesse comercial, a cobertura esportiva.

Em julho, o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, aliado tradicional, disse, em entrevista à revista "Piauí", não se importar com denúncias da Record: "Não ligo. Aliás, caguei. Caguei montão". "Quanto mais tomo pau da Record, fico com mais crédito na Globo. Só vou ficar preocupado, meu amor, quando sair no 'Jornal Nacional'."

Um mês e meio depois, já com os Princípios Editoriais na mão, o "JN" produziu uma longa reportagem sobre a investigação de uma "fraude na contratação de amistoso da seleção", ressaltando uma imagem de Teixeira.

O documento enfatiza, entre os atributos da informação de qualidade, "a isenção". Sua elaboração foi "um projeto conduzido diretamente pelos acionistas", informam as Organizações Globo. Ele "tem como objetivo deixar claros quais são os princípios" para os telespectadores, leitores e outros consumidores. "Além dos nossos próprios profissionais."

*   *   *