quinta-feira, 7 de março de 2013

Malwares > Desk 366 e 22find, duas pragas que se instalam em seu computador, junto com outros programas

Isto abaixo é apenas uma imagem fotográfica, inofensiva > O poder ofensivo está no programa propriamente dito, que aparece de surpresa em muitas situações, como, por exemplo, junto com outro programa buscado no "Baixaki" > É rápido e indolor, quanto você percebe, ele já está instalado em todos os seus navegadores. E para conseguir tirá-lo de lá... Isso já é outra história!

Aparentemente, e salvo informação em contrário, os dois programas não trazem vírus que possam comprometer o seu computador, ou o de outros internautas com os quais você mantém contato pelas redes sociais, por e-mails ou por qualquer outro caminho. Eles até que se apresentam como ferramentas úteis, por fornecer centenas de ícones conduzindo a outras páginas, algumas das quais, supostamente, possam ser de seu interesse, o que é muita bondade despretensiosa.

Ainda que assim seja, o inconveniente maior é que tais programas se instalam como página preferencial em todos os seus navegadores. Mais que isso, instalam-se sem autorização prévia e recusam-se a se retirar, mesmo quando você deseja voltar ao status anterior.

E não esteja tão seguro de que você se acha imunizado contra eles. A quantidade de reclamações ou, podemos dizer, gritos de socorro, nos grupos de discussão, mostra que a praga vem proliferando com rapidez e pode, em breve, contaminar a todos os computadores ativos, de forma sutil, pois vem junto com programas sérios que você baixa de sites confiáveis, como o Baixaki.

O "Desk 365" se instala no lado esquerdo da barra inferior da área de serviço, não pode ser removido e nem mudado, ocupa um lugar fixo e definitivo. Para eliminá-lo, é preciso ir ao "Painel de Controle/Remover Programas", localizar "Desk 365" e dar o comando "desinstalar".

Já para o "22find", o caso é mais complicado. Você deve, pelo mesmo caminho, desinstalar, um a um, todos os navegadores contaminados, tendo o cuidado de "desmarcar" os boxes com a opção "quero conservar meus dados pessoais". Com isso, irá perder registro de favoritos e todas opções pessoais feitas na instalação e/ou durante o uso do navegador. Uma vez desinstalado cada navegador, é só fazer a instalação, de novo, que ele deverá voltar livre do malware.

Pelo menos para mim, este processo funcionou, mas cada grupo de discussão sugere caminhos próprios. Então, se não der certo, tente os outros caminhos que estão sendo apontados.

Na oportunidade, um elogio merecido aos citados grupos de discussão. Sem ganhar nada com isso, de forma voluntária e apenas como prestação de serviço, internautas anônimos gastam seu precioso tempo para resolver os problemas dos demais. E, ao fim de tudo, você nem fica sabendo o nome do cidadão que, espontaneamente, o ajudou na solução de um problema. É a forma sadia de se usar a Internet. Parabéns a eles.

Nenhum comentário:

Postar um comentário