sexta-feira, 1 de julho de 2011

QR (Quick Response), o novo código que, a médio prazo, substituirá com vantagem o código de barras

Paulo Victorino (Pitoresco)


Ele surgiu no Japão e está sendo usado em forma de testes, devendo, a médio prazo, substituir com eficiência o já conhecido código de barras, largamente aplicado para identificar mercadorias, agregando-lhes o preço de venda.

Ele é o QR (Quick Response) e, ao contrário do Código de Barras, poderá conter uma quantidade substancial de informações, ampliando sua aplicabilidade.

Três alterações fundamentais se destacam, comparando os dois sistemas. 

PRIMEIRA > Enquanto o código de barras trabalha apenas com algarismos, o QR reune uma combinação de algarismos e letras. 

SEGUNDA > O QR não precisa de leitor infravermelho, pois é uma imagem, que pode ser lida por qualquer processo fotográfico, inclusive pela câmera de seu telefone celular. 

TERCEIRA > Seu formato revolucionário permite uma combinação muito grande de pontos e traços, armazenando uma quantidade maior de informações, ao contrário das visíveis limitações do código de barras.

Traçando um paralelo simples, o Código de Barras se assemelha a um exame para detetar o tipo sanguineo de uma pessoa, enquanto o QR se asemelha ao DNA. Ele traz todas as informações genéricas e acrescenta a elas detalhes significativos para o agente (empresário) e para o paciente (consumidor). 

Estamos, pois, diante de um avanço significativo na comunicação entre as duas pontas e só o tempo poderá dizer a extensão dos benefícios do novo sistema. Com a leitura do QR, o consumidor poderá, de pronto, ter informações gerais sobre o produto que está comprando, ou poderá ter contato com a bula de um remédio, ou outros dados que jamais um código de barras poderia oferecer.


O QUE ESTÁ ESCRITO ACIMA
Pitoresco - A Arte dos Grandes Mestres
comunicação, artes plásticas, artes visuais, arquitetura, paisagismo, design,fotografia, internet e tecnologia
Milestones > Eventos em destaque no dia 1º de julho de 2011
http://pit935.blogspot.com/2011/06/milestones-eventos-em-destaque-no-dia-1.html



COMO TOMAR CONTATO COM O CÓDIGO QR
Clique no link abaixo para baixar o programa:
http://www.baixaki.com.br/download/xren-qrcode.htm


Uma vez instalado o programa, coloque o texto que deseja codificar e clique no botão ENCONDE.


Pronto, a imagem fotográfica aparecerá, com todos os dados já codificados.


*   *   *


INICIO DE MINHA CRÔNICA
SOBRE TOMIE OHTAKE,
CODIFICADA EM QR

http://www.pitoresco.com/brasil/tomie/tomie.htm


O QUE ESTÁ ESCRITO NO QR ACIMA



TOMIE OHTAKE (1913)


     Ela veio para o Brasil com 23 anos de idade, só para visitar um irmão. Ficaria um ano ou dois, se tanto, para em seguida voltar ao Japão, sua terra natal, o único lugar que conhecia, e onde pretendia ficar por toda vida.

     Durante sua estada aqui, a situação do outro lado do oceano começou ficar incerta, com nuvens negras toldando a paz mal costurada com tratados secretos entre as potências, os quais se transformaram em bombas de efeito retardado que, a qualquer momento poderiam explodir. 

     Seu irmão impediu o quanto pode o retorno dela à pátria, esperando que os céus da Europa e da Ásia se desanuviassem. Mas, ao contrário, o furor da guerra se desencadeou com toda sua força, primeiro num pacto entre a Alemanha e a Itália, depois, - aquilo que mais se temia - com a aliança do Japão com esses dois países, formando o eixo Berlim-Roma-Tóquio.

     Foi assim, que Tomie Ohtake, aquela frágil nipônica, pouco mais que uma adolescente, se viu forçada a prolongar sua permanência no Brasil. A guerra acabou, Tomie casou-se aqui mesmo com um engenheiro agrônomo e, a partir de então, tomou o Brasil por sua segunda pátria, caindo, gostosamente, na cilada que o destino lhe aprontou.

     Se predestinação existe, Tomie, mais do que ninguém, sentiu-a em si mesma, dirigida que foi, pela vida afora, por uma força externa que lhe encaminharia os passos, abrindo as portas à sua frente e fixando-lhe os rumos.




Nenhum comentário:

Postar um comentário